Seleção Ouro Vol.5

                              

 

 

1º.  SOLDADO DE CRISTO
Ozeias de Paula
Soldado de Cristo avante lutai
Cristo comandante
Diz sempre avançai
Temos a vitória
Cristo já nos deu
Comandante eterno
Por nós já venceu
Comandante em chefe
Grande galardoador
pois com ele vence
Todo lutador.
Vem com Josué lutar em Jericó
Jericó Jericó
Vem com Josué lutar em Jericó
E as muralhas ruirão.
Subam os montes devagar
Teu Senhor vai guerrear
Cerquem os muros para mim
Jericó chegou ao fim.
As trombetas soarão
Abalando céu e chão
Cerquem os muros para mim
Jericó chegou ao fim.
Vem com Josué lutar em Jericó
Jericó Jericó
Vem com Josué lutar em Jericó
E as muralhas ruirão.
Comandante em chefe
Grande galardoador
Pois com ele vence   Todo lutador.
 

 
2º.  HAJA O QUE HOUVER
Edison Coelho
 
 
Senhor porque razão estou confuso
Fazem de mim um réu intruso
De louvar-te querem me impedir
Senhor por que existe tanta diferença
Eu que jamais pensei trair tua crença
Dizem até que já não sou digno de ti.
 
Senhor o que eu penso a teu respeito
É que Tu és bom Tu és perfeito
E não pensas como vis mortais
Senhor dizem que eu me estagnei no tempo
Embora neguem-me entrar no templo
Não poderão jamais roubar-me a tua paz.
 
Mas eu não vou me entristecer com eles não
Pois eles são tão pecadores quanto eu sou
Pois o que falam sei que não provém do coração.
 
Haja o que houver
Não vou negar a minha fé
Embora pecador
Eu creio em ti Senhor

3º. CRISTO
Edison Coelho
 
 
Cristo eu vim aqui
Pois há em mim traumas existenciais
Vim buscar solução pra os problemas
Eu vim em busca de paz
Cristo é tão difícil
Viver num mundo tão complicado assim
Já deixei os prazeres terrenos
Eis a razão porque vim.
 
Eu vim aqui porque sabia
Que ia te encontrar
E agora que te encontrei
Preciso te confessar
Cristo sou pecador
Mas me arrependo
De todo mau que já fiz
Sei também que somente contigo
Eu poderei ser feliz.
 
Cristo é tão difícil
Viver num mundo tão complicado assim
Já deixei os prazeres terrenos
Eis a razão porque vim.
 

 
4º. FOI POR VOCÊ
Edison Coelho
 
 
Foi por você que Jesus sofreu
Foi por você
Que Ele se deu e até se fez
Também mortal
Foi por você
Também por mim
Desceu do céu e foi fiel
Até o fim.
 
Castigo atroz Jesus sofreu por nós
Jesus sofreu sem duvidar
Sem reclamar
Por todos nós ele tomou o amargo fel
E foi fiel até o fim.

5º.  PAZ E COUNHÃO
Álvaro Tito
 
 
Se o mundo se voltar para Cristo
E em seu fundamento demonstrar conversão
Tudo vai se transformar está escrito
O amor de Cristo em todos trará a paz e comunhão.
 
Cristo Jesus é o que se pede já
Para te transformar é própria solução
Cristo Jesus é a mudança em teu ser
Vem para Cristo receber
Perfeita paz e comunhão.
 
É momento importante para as vidas
Que em seus lares pedem a verdadeira paz
Coração juntos e as mãos sempre unidas
Isto é oque o amor que vem de Jesus Cristo faz.
 

 
6º.  BATIDAS DO MEU CORÇÃO
Ed. Wilson
 
 
Já não sinto solidão Jesus me libertou
Se estou em suas mãos nada me falta
Porque só Jesus tem o dom
De a cada dia me fazer feliz
Hoje eu sei que é tudo aquilo
Que eu sempre quis
É a paz que a vida inteira eu procurava
Ele me chamou
Confundi com as batidas do meu coração
Porque ele é a própria vida
E a própria emoção
Que batia o tempo todo em meu peito.
 
Só o amor de Deus pode libertar
Esteja como for
você vai nascer de novo
porque Ele tem nas mãos
O amor e o poder
Vem como estiver
Sente o seu amor
Cuidando de você.

7º. MINHA ALEGRIA
Paulo Silva
 
Minha alegria é cantar
E o meu canto invade o ar
Como seria importante
Se as pessoas num instante
Cantassem, se amassem e louvassem a Deus
O criador de tudo que a gente vê
E quando eu canto me transformo
Sinto meu coração bater
Sinto a alegria me tomando
Com mais vigor eu vou cantando
Com toda gratidão por ser feliz.
Vou cantar, vou louvar ao meu Criador
Por tudo que tem feito para mim
Vou andar procurar
Outra voz para me acompanhar
E juntos seguimos cantando
Louvando a Deus.
O canto alegra tanta gente
O canto pode até salvar
E quando ouço alguém cantar
Sinto o meu coração se alegrar
O canto nos fala tanta coisa
Quem canta sofre menos
É se invés do som da guerra
Houvesse o canto nessa terra
E a humanidade comovida entregasse suas vidas
A Deus como um bando de pardais
Cantando o amor Cantando a paz.
 

 
8º. MEU FILHO TE ESCOLHÍ
Dorris Lemos
 
 
Por que não posso eu viver como os demais, Senhor?
Pois vejo as multidões indiferentes ao redor
por que eu sinto este peso sempre sem cessar?
Oh! Senhor vem suavemente me falar.
 
Meu filho te escolhi, sim te escolhi
Pra fazer a minha obra preciso, sim, de ti
Ao Mestre até chegar o fim
Pois ouço Deus dizendo
Te escolhi pra mim.
 
Por que não posso eu viver e o mundo esquecer?
Seu chora e angústia toda hora me entristecer
Por que eu sinto este peso no meu coração?
Oh! Senhor, responde-me em terno tom.
 
E quando um dia no céu uma coroa eu receber
Perguntarei que fiz pra tanta hora merecer?
Com seu olhar tão terno e em tom de grande amor
Me responderá ó sim meu Salvador.
 
Meu filho te escolhi, sim, eu te escolhi
Fizeste a minha obra e foste fiel a mim
Meu servo vem entrar, meu reino é teu ó, sim
Porque amado servo te escolhi pra mim.

9º. ESTRADA QUE LEVA ATÉ A CRUZ
Daniel JR.
 
 
Tudo quanto eu aqui fizer
Seja para glória do Senhor
E onde quer que eu andar
Seja anunciando o seu amor
Já não importa nada mais
Que esse mundo possa oferecer
Porque agora eu tenho paz
E fé naquele que é poder
porque agora eu tenho paz
E fé naquele que é poder.
 
Minha fé está firmada em Jesus
Minha paz é a estrada cheia de luz
Os meus pés caminharão até o fim
Pela estrada que me leva até a cruz.
 

 
10º.  QUE SERIA DE MIM
Edison Coelho
 
 
Que seria do dia se não houvesse o sol
Que seria das aves se não fosse a canção
Que seria da rosa se não tivesse aroma
Que seria do réu se não fora o perdão.
 
Que seria de mim se amor não houvesse
Se eu não pudesse amar que seria de mim
E se Deus não mandasse perdão que é sem fim
Que seria de mim, que seria de mim.
 
Que seria de fé, se não houvesse o crente
Que seria dos olhos se não houvesse a luz
Que seria dos lábios se não fosse o sorriso
Que seria dos homens se não fora Jesus.

11º. DEUS TE PROTEJA
Edison Coelho
 
 
Os Perigos são tantos neste mundo tão mal
Os temores assaltam o teu corpo mortal
Mas onde tu fores meu amado irmão
Sei que irá contigo esta minha oração.
 
Deus te proteja
Oh sim Deus te proteja
Onde tu fores irmão
Prosseguindo nesta estrada
E aonde quer que estejas
Deus te proteja
Deus te proteja.
 
Sei que longe bem longe desta terra sem paz
Moraremos pra sempre nas campinas reais
Mas enquanto não chega o celeste porvir
Deus vai te protegendo dos percalços aqui.
 

 
 
12º. PASSEANDO PELO CÉU
Luiz Jannuzi
 
 
A verdade existe
Já não vivo triste
E vou passeando assim
Neste lindo céu
O meu pensamento
Já está distante
Sigo alegremente
E pra sempre serei feliz.
 
O passado não importa mais
Na verdade encontrei a paz
E seguirei sempre a cantar
Passeando assim feliz no céu.

13º. NAS MÃO DE JESUS
Ozeias de Paula
 
 
A minha vida nas mãos de jesus
É uma vida de paz e amor
Esta vida me traz
Graça e plena luz
Vida santa de grande esplendor.
 
Quero cantar para Deus
Quero cantar pra Jesus
Caminhar e lutar
Carregando a cruz
E assim vou chegar ao céu de luz.
 
Muito em breve quando no céu chegar
Bem sei logo vou avistar
A face de amor do meigo Senhor
Com sua grei a cantar eternal louvor.
 

 
14º. VEM FILHO MEU
Álvaro Tito
 
 
Por que rolam lágrimas triste em teu rosto
Se pode ver o horizonte no amanhecer
Ouvir o canto das aves
Vislumbrar o sol surgindo lá no céu
Que da o fulgor dos seus raios para você
Por que os problemas da vida te afligem tanto
Se podes ter paz e alegria num momento qualquer
Ao lado de quem tanto te ama
E agora com amor te chama
E assim te diz.
 
Vem vem filho meu
Eu te amo e contemplo os dias teus
Vem vem filho meu
Sou Jesus teu Senhor e Deus.
 
Desejo te dar alegria e amor profundo
A fé o amor e a esperança
Estão em minhas mãos
Eu quero sanar tuas dores
Enxugar teu pranto
Fazer-te viver
Sou Cristo Jesus te amo tanto
E falo com você.

15º. PALAVRAS DE AMOR
Edison Coelho
 
 
De amor as palavras de amor de Jesus
Que me fazem chorar
Quando penso na cruz
Eternas palavras tesouros sem par
Que nas horas de angustias
Vem me consolar
 
Vinde a mim cansado e triste
Sou o pastor humilde e manso
E tomai sobre vos o meu jugo
E encontrares paz e descanso
 
De amor as palavras de amor que Jesus
Deixou para sempre
Pregadas na cruz
Eternas palavras
Riqueza sem fim
Que agora Jesus pronuncia pra mim.
 
 
 
16º. É IMPOSSIVEL
Edison Coelho
 
 
É impossível i mar não rugir
Nos rochedos gigantes sublimes além
É impossível o sol não brilhar
Ou a terra girar pelo espaço também
É impossível a flor não se abrir
Na gentil primavera quando Deus a florir.
 
Impossível será para mim
Me afastar desta luz sempiterna e sem fim
Impossível será para Deus
Não ouvir os meus rogos
Sou um dos filhos seus.
 
É impossível o imortal não morrer
Ou voltar a viver no sepulcro cruel
É impossível a mente humana
Galgar as distâncias infindas do céu
É impossível o homem contar
Os grãos de areia da beira do mar.

17º. DE BRAÇOS ABERTO
Atilá JR.
 
 
Hoje alguém te espera de braços abertos
Quer te abraçar com carinho e muito afeto
Deixe a porta aberta do teu coração
Para entrar esta luz meu querido irmão.
 
Hoje a porta se abre para você
Hoje Jesus te convida pra renascer
Venha atender o chamado do bom Salvador
Que te dará liberdade, paz e amor.
 
Ele morreu lá na cruz por nossos pecados
Para que o homem pudesse ser perdoado
Deixa de lado o passado e segue o caminho
Cristo vai na tua frente não iras sozinho.
 

 
18º. QUEM ÉS TU
Edison Coelho
 
 
Quem és tu perguntaram certo dia com ironia atroz
Quem és tu que até os mortos
Nos sepulcros ouvem tua voz?
A própria morte derrotas oh! imarcescível luz
Eu sei quem és, és o filho de Deus
Tu és Jesus!
 
Tu és o último, és o primeiro
E de Judá, és o leão audaz
Tu és Deus forte, conselheiro
Pai da eternidade e príncipe da paz.
 
Deste amor amor ao pobre homem
Que sofria muitas opressões
Cada vez que tu falavas
Libertavas grandes multidões
Eternamente és o mesmo
Aleluia, sei quem és excelsa luz
És o filho de Deus, Tu és Jesus.

19º. RUMO Á AMPLIDÃO
Edison Coelho
 
 
Quando a juventude de mim se for
Quando a eternidade me chamar
Quero, sim estar, na tua presença
Ó meu grande amigo, paz imensa.
 
Quando o cântaro à fonte, se partir
Quando a minha vida se exitinguir
Quero estar contigo, livre do perigo
Ó meu grande amigo e partir.
 
Quero sentir teu soprar
Tal qual a brisa do mar
Qual a gaivota, que voa, rumo à amplidão
Quero voar e alcançar, além do mar, Sião.
 
 
 
 
20º. CEM OVELHAS
Ozeias de Paula
 
 
Eram cem ovelhas juntas no aprisco
Eram cem ovelhas que amante cuidou
Porém numa tarde ao contá-las todas
Lhe faltava uma Lhe faltava uma
E triste chorou.
 
As noventa e nove deixou no aprisco
E pelas montanhas a buscá-la foi
A encontrou gemendo tremendo de frio
Curou suas feridas pôs logo em seus ombros
E ao redil voltou.
 
Essa mesma história volta a repetir-se
Pois muitas ovelhas perdidas estão
Mas ainda hoje o Pastor amado
Chora tuas feridas
Choras tuas feridas
E quer te salvar.