Seleção Ouro Vol.3

                                                                          




1º.
 POR QUE
Edison Coelho
 
 
Por que matar a flor que nasce
Por que negar que um sorriso te enfeite a face
Por que viver na solidão
E permitir tanta tristeza no teu coração.
 
Por que matar se a vida é tão importante
Por que a guerra se ela dura dura apenas um instante
Por que mentir se a verdade ameniza a dor
Se a eternidade é o lar de quem viveu o amor.
 
Por que virar todo o teu rosto
A quem te busca de alma imersa em tanto desgosto
Por que viver sem união
Por que chorar se é bem melhor cantar uma canção.
 
Por que descer o abismo escuro
Se o infinito te propõe um céu bonito e puro
Por que sofrer em teu desdém
Se é mais suave ser amado e amar também .
 
 
 
2º. A BELA PAZ
Jasiel Braga
 
 
Achei salvação em Jesus meu Senhor
Perdão liberdade encontrei
Su'alma reside em meu coração
E do seu amor tenho paz.
 
Paz do Senhor célica paz
Paz que este mundo não dá
Quando penso na luz
Que centelha na cruz
Tenho paz uma célica paz.
 
A Cristo meu Rei
Eu darei uma canção
Talento serviço e louvor
Contente a seus pés meu fiel coração
Dirá tenho paz do Senhor.

3º. GLORIA A DEUS
Edison Coelho
 
 
Pelo sol que brilha Glória a Deus
Pela flor que nasce Glória a Deus
Pelos montes altos Glória a Deus
Pelo mar também Glória a Deus
Pelos passarinhos Glória a Deus
Pela noite é o dia Glória a Deus
Pela brisa leva Glória a Deus
Que de longe vem Glória a Deus
Pelo alimento Gló - ria - a Deus
Pela habitação
Pela amizade Glória a Deus
De irmão pra irmão.
 
Glória a Deus (8x).
 
Por esses meninos Glória a Deus
Por essas meninas Glória a Deus
Pela juventude Glória a Deus
Pelos anciões Glória a Deus
Pela pátria salva Glória a Deus
Pela liberdade Glória a Deus
E pelos que vivem Glória a Deus
Em outra nações Glória a Deus
Pela caridade Glória a Deus
Que alguém produz
Pelos céu que um dia Glória a Deus
Nos mandou Jesus.
 

 
4º. SOU TEU SENHOR
Ozeias de Paula/Célio Queiroz
 
 
A minha vida não mais pertence a mim
O meu querer não mais pertence a mom
Mesmo até meu pensar não mais pertence a mim
Tudo o que tenho e sou.
 
Sou Teu Senhor
Sou Teu Senhor
Sou todo Teu todo Teu
Sou todo Teu
Sou todo Teu todo Teu
Sou todo Teu.
 
A flor que nasce pertence a ti Senhor
O sol que aquece pertence a ti Senhor
E todo o perfeito dom vem de ti meu bom Deus
Tudo perfeito e luz.

5º. VINTE SÉCULOS
Edison Coelho
 
 
O mundo ainda sofre demais
Do que o mundo de vinte séculos a trás
pois a maldade se multiplicou
E a humanidade se debate e agoniza sem amor.
 
Jesus
Há tanto tempo em te seguir eu me propus
Ao ver a iniqüidade se multiplicar
E só com Tua ajuda eu posso escapar
Jesus
Eu quero toda via carregar a cru
Preciso cada dia me santificar
Eu quero e preciso te acompanhar.
 
São vinte séculos ou quase já
E o mundo inteiro continua se afastar
Pelo universo sem direção
Mas Jesus Cristo continua estendendo sua mão.
 
 
 
6º.  A GLORIA DO SENHOR
Ozeias de Paula /José Dilson
 
 
O espirito do senhor
Está aqui neste lugar
Ele já começa operar
E todo mal então desapareça
Porque a glória do Senhor
A tua vida envolverá.
 
O Espirito do Senhor
Se apoderará de ti
Então profetizarás
O Espirito do Senhor
Se apoderará de ti
E transformado em outro então serás.
 
Aqui neste lugar
O fogo santo ardendo está
Queimando o holocausto que no altar está
Não vai sair ninguém
Com sua vida sem mudar
Porque a glória do Senhor
Está aqui pra transformar

7º. DESCE TUA GLÓRIA
Paulo Silva
 
 
Desce sobre mim a tua glória Senhor
É o que eu te peço nesta hora de oração
Sim desce sobre mim a tua unção.
 
Não te peço luxo nem riqueza
Nem coisas que aqui vão perecer
Não te peço para ser famoso
Nem poderoso neste meu viver
Não te peço vida aqui pra sempre
Nem peço que eu vive sempre assim
Eia o que te peço nesta hora
Sim desce a tua glória sobre mim
Sim.
 
Posso desejar notoriedade
Maior sabedoria ou coisa assim
posso desejar conhecimento
Mais sei que tudo isso terá o seu fim
O que mais anseio está acima
De tudo que aqui possa existir
Pois o que te peço nesta hora
Sim.
 

 
8º. DEUS TE RESSUSCITA
Edison Coelho
 
 
A minha vida era uma imensa quimera
Faltavam-me força e vigor
No fundo de um vale de dor
Porém num milagre sublime
O Deus que me fez me escutou
Lavou-me no Sangue de Cristo
Oh glória me ressuscitou.
 
Se tu te sentes já morto
E anelo de vida não tens
Jesus te dá vida e conforto
E te ressuscita também.
 
Planta-se o grão sob a terra
Colhe-se o fruto normal
Planta-se o corpo que morre
E colhe-se um corpo imortal
Assim a semente renasce
Ressurge na planta do chão
A vida ressurge sublime
Oh glória na ressurreição.

9º. QUANDO VOLTARES PARA MIM
Edison Coelho
 
 
Quando voltares para mim
Eu estarei a te esperar
Com meu olhar na imensidão do céu
Ó amado Emanuel
Mas se eu tiver adormecido
Meu corpo já descido ao chão
Ao escutar a tua meiga voz
Minh'alma acordará em Tua mãos.
 
Lá no esplendor das primaveras
No auge de futuras eras
Me levarás para mansões de luz
Quando voltares para mim Jesus.
 
Mas se eu tiver adormecido
Meu corpo já descido ao chão
Ao escutar a tua meiga voz
Minh'alma acordará em Tuas mãos.
 
 
 
10º.  AMO A CRISTO
Ozeias de Paula
 
 
Eu amo a Cristo
Ele é meu mestre
Doce nome Jesus
Descanso em paz
Só nele confio
Prazer e gozo
Lhe rendo culto
Louvor minh'alma lhe traz
Oh! quanto louvo a Cristo Jesus
Louvo teu nome Cristo.
 
Jesus Jesus
Teu nome me satisfaz
Jesus Jesus
De ti preciso mais.

11º. JESUS ESTÁ COM VOCÊ
Edison Coelho
 
 
Você lamenta a sorte
Diz que teme a morte também
Mas quem te Jesus tem a vida
E o homem sem ninguém.
 
Jesus é o caminho e a vida
Ao alcance de todo o que crê
Por isso confia não tema porque
Jesus está com você.
 
A morte é o premio do impio
Mas Deus dá a vida ao fiel
O tudo sem Cristo é nada
Mas o nada com Cristo é tudo.
 

 
12º. NOVO DIA
Ozeias de Paula
 
 
Raia o novo dia
O Rei da terra a voltar
Vejo com alegria as densas trevas dessipar
Poderoso, Onipotente
Para sempre vai reinar.
 
Nunca jamais cessará o seu sol
Salvo para sempre haveremos de estar
Sempre cantando, nunca odiando
O amor será o amar.
 
Flores, rosas se abrindo
É a aurora a surgir
Ei-Lo o céu é vindo
A eternidade a luzir
Todos os santos, todos cantando
O louvor reside aqui.
 
Nunca jamais cessará o seu sol
Salvo para sempre haveremos de estar
Sempre cantando, nunca odiando
O amor será o amar.

13º. PIRILAMPO
Edison Coelho
 
 
Se não puder ser uma montanha
Sê um vale bem humilde, sendo apenas o que és
Se não poderes ser o oceano
Sê um lago pequenino
Que refresque o duro trânsito de peregrinos pés.
 
Se não puderes ser uma estrela
Ser um simples pirilampo, numa noite singular
Vivendo uma vida bem sincera
Hás de ser qual primavera
Deus há de te abençoar.
 
Se não puderes ser um alto templo
Sê um marco pequeno, apontado para o céu
Se não puderes ser uma floresta
Sê uma paisagem em festa
Que retrate a grandeza desse Deus que é tão fiel.
 

 
 
14º.  DEVO SER
Edison Coelho
 
 
Eu devo ser não eu
Mas devo ser alguém
Que renuncia o ser
Pra só ser o bem
Eu devo ser não eu
E procurar viver
Em prol da paz de alguém
Para só ser o bem.
 
Eu devo ser somente
Como Jesus me quer
De corpo e alma um crente
Vivendo pela fé
Na força do Senhor
Todo me desfazer
pra ressurgir no amor
É como eu devo ser.
 
Eu devo der o grão
Que morre para dar
Raízes e do chão
Pela manhã brotar
E os ramos com a flor
Romper do espaço o véu
E os galhos levantar
Em direção do céu.

15º.  MIL ROSAS
Edison Coelho
 
 
Senhor o Teu favor divino tem um preço
Pelo sangue lá da cruz eu não esqueço
Resumo do sem fim
Tu és a vida que reside em mim
Tu és a luz que me ilumina
Enquanto vou cantando
Para sufocar meu pranto.
 
Não deixo de amar
As tuas lindas mão preciosas
Que tem perfume mas sutil
Que aroma de mil rosas
Num corpo de santelmos santos
Em divinos cantos santos eternais
O teu amor proclama
Que também me ama
E eu sinto paz.
 
Senhor por Tua graça eterna não me deixa
Quando suplicar-te vou
Ouve minhas queixas
Embora em transição
Do Teu mistério sou uma fração
Mesmo em perigo tenho alegria
Do rumo que sigo
És minha estrela guia.
 
 

 
16º. CRISTO VIVE
Ozeias de Paula
 
 
Cristo vive
Cristo vive
Oh! eu creio amém
Amém amém
Amém amém
Aleluia vive
Amém amém
Amém amém aleluia!
Amém amém
Amém amém
Amém.

17º. FILHO MEU
Edison Coelho
 
 
Minha vida chegava ao fim
Submersa na escuridão
Porém, Deus lá do céu me falou assim
Filho meu, dá-me o teu coração.
 
Do terrível dilema eu vim te livrar
Porque glória suprema eu quero te dar
E por onde tu fores terás minha mão
Filho meu, dá-me o teu coração.
 
Aceitei seu convite final
Hoje gozo de Deus o perdão
Ó aceita ao ouvires convite igual
Filho meu, dá-me
O teu coração.
 
 
18º. SONATA PARA O AMOR DE DEUS
Edison Coelho
 
 
Por divina inspiração
A sonata que eu compus
Veio ao meu coração
Pela graça de Jesus
Meu amado salvador
Está presente aos dias meus
Na sonata para o amor de Deus.
 
Eu o sinto junto a mim
Entre as notas musicais
Que se escoam no sem fim
Espalhando a santa paz
Na sublime partitura Cristo inspira
Os dias meus
Na sonata para o amor de Deus.

19º.  MEU DEUS MEU PAI
Edison Coelho
 
 
Meu Deus se tantas vezes
Tu vens proteger-me a mim
É porque me queres
Pra teu louvor assim
Sinto em minha vida a tua proteção
E aonde que eu for
Senhor Tu és minha canção.
 
Meu Deus eu tantas vezes
Já tragado pelo mau
Tu me libertaste com amor total
Oh! meu Deus!
És fortaleza do meu fraco ser
Onde minh'alma proteger-se vai
Meu Deus meu Pai.
 
Meu Deus se tantas vezes
Tens me concedido fé
Para suportar a própria morte até
Muito embora fosse um pecador
Eu fui remido sei
Por teu infido e santo amor.
 
 
 
20º. CEM OVELHAS
Ozeias de Paula
 
 
Eram cem ovelhas juntas no aprisco
Eram cem ovelhas que amante cuidou
Porém numa tarde ao contá-las todas
Lhe faltava uma Lhe faltava uma
E triste chorou
 
As noventa e nove deixou no aprisco
E pelas montanhas a buscá-la foi
A encontrou gemendo tremendo de frio
Curou suas feridas pôs logo em seus ombros
E ao redil voltou
 
Essa mesma história volta a repetir-se
Pois muitas ovelhas perdidas estão
Mas ainda hoje o Pastor amado
Chora tuas feridas
Choras tuas feridas
E quer te salvar